Blog‎ > ‎

Vencido(a) pela TIMIDEZ?

postado em 4 de jun. de 2020 12:45 por TPSucesso Sucesso   [ 4 de jun. de 2020 16:41 atualizado‎(s)‎ ]
Quem é que nunca ficou tímido ou tímida em um primeiro contato com alguém que acabou de conhecer? Isso é normal e faz parte do processo de auto defesa, pela insegurança de não saber quem é aquela pessoa e o qual a impressão que está tendo de você nesse momento. Será positivo? Ou será negativo?

Essa dúvida gera a timidez. Seja por estar conhecendo essa pessoa agora, ou por estar em um lugar diferente e que é importante para outras pessoas, como por exemplo, na casa de estranhos. Não sabemos como nos portar de maneira totalmente segura de incertezas. Ainda mais se estiver em um ambiente totalmente fora do seu comum, como quando vai para outro país, com outros costumes.
timidez_problema-sério

O problema é quando essa timidez se torna algo constante e sem controle. Pois mesmo nas situações a cima mencionadas, é totalmente possível controlar o nervosismo e manter o autocontrole para não ficar descontrolado ou descontrolada.

Fora de controle causa grandes transtornos nos relacionamentos profissionais e pessoais.

Grandes oportunidades são perdidas devido a timidez excessiva.

Numa entrevista de emprego é comum ficar nervoso, e inclusive, tem profissionais de RH que já estão acostumados com essa situação e nem levam muito a sério esse ponto, mas o problema está atrelado ao tipo de cargo e de modelo de serviço que está em pauta.

Nesse caso a timidez pode ser um fator limitante.

Em relacionamentos também. Quem é muito tímido, fica muito nervoso ou nervosa, para falar com um paquera ou uma paquera. E você sabe, que ninguém gosta completamente de uma pessoa que é insegura. Isso causa estranheza na outra pessoa e acaba por diminuir muito suas chances. 

Eu sei disso, pois vivi minha infância e boa parte de minha juventude com uma timidez muito forte, e isso me impediu de conquistar muitas coisas naquela época.
Era sempre deixado de lado e nunca tinha voz para participar de nada. Preferia ficar no meu canto em paz. Com isso, fiquei só por bastante tempo.

Até que consegui modelar ações novas e hábitos diferenciados para meu perfil, onde consegui quebrar paradigmas limitantes de maneira a me deixar mais livre para relacionamentos e melhora na autoestima.

Consegui uma namorada espetacular, sem brincadeira, que todos achavam muito bonita. Hoje ela é minha esposa!! E depois de um tempo , conquistei uma vaga profissional dentro de uma empresa multinacional, passando na frente de outros candidatos mais qualificados em formação educacional do que eu, mas com certeza menos adaptados ao processo de seleção, com uma autoconfiança "nível setenta" na época.

O ponto importante é, que se você deixar a timidez te dominar, então as coisas boas de sua vida vão passar e você vai estar no canto, sem vontade de se mostrar, só com vontade de ficar em paz e que as coisas aconteçam para você. Que caiam no seu colo.

E isso não vai acontecer!

Para começar a melhorar essa situação se for seu caso, você deve iniciar com os seguinte passos.

CONHECER A SI MESMO.

GOSTO, NÃO GOSTO.
Você realmente sabe do que gosta e do que não gosta? Ou costuma ficar no automático simplesmente evitando o que aparece na sua frente que te desagrada na hora? Ou até mesmo, acaba fazendo cara feia para tudo, pois teria que interagir e participar de alguma coisa?

Saber essas coisas te faz ter uma direção mais precisa para as escolhas que sempre terá que fazer em sua vida.
Seja para saber no que gostaria de trabalhar ou com que tipo de pessoas gostaria de se relacionar. Assim fica muito mais fácil ter foco, direcionamento e não tem dúvidas na hora de escolher algo que te interessa.

Repele o que não te serve e tem mais força para agir no que te exigirá esforço para conquistar.

QUALIDADES E DEFEITOS
Como espera ter coragem para um momento de tomada de decisão importante, se não sabe no que você é bom ou no que tem problemas?

Saiba quais coisas tem facilidade de executar, tanto manualmente quanto mentalmente e liste isso.
A mesma coisa para as que não tem tanta facilidade ou nem sabe como fazer.

Saiba também quais são seus adjetivos positivos e negativos. Assim terá mais vigor e entusiasmo para ter segurança de quem é você quando for conversar com alguém.

Positivamente você pode ter, por exemplo: decidido, amigável, engraçado, inteligente....e assim por diante.
Negativamente você pode ter, por exemplo: tímido, desajeitado, desorganizado....e assim por diante.

Quanto mais souber de você melhor para se auto motivar e encontrar ferramentas para melhorar ou blindar as partes negativas, gerando muito mais confiança e poder de decisão para você.


Precisa de ajuda com isso?

Então acesse: Quero mudar e ser Meu Melhor!

Espero que tenha gostado do conteúdo e que posa ajudar de alguma maneira.

Grande abraço e Sucesso!

Carlos Eduardo Zago
Gestor comportamental (PNL)
Coaching / Instrutor / Palestrante
Comments